Início Energia Quinta da Estância dá dicas de como aquecer a casa sem gastar...

Quinta da Estância dá dicas de como aquecer a casa sem gastar energia

1189
0
COMPARTILHAR

luz1Rafael Goelzer, diretor da maior fazenda de turismo rural e pedagógico do Brasil, alerta para o alto consumo de luz dos aquecedores e orienta formas alternativas de não passar frio

O inverno chegou e o uso de aquecedores aumenta cada dia mais nos lares brasileiros. No entanto, é preciso cuidado com o alto consumo de energia dos mesmos, que podem ultrapassar, inclusive, o preço dos aparelhos, conforme pesquisa divulgada pelo Instituto de Defesa do Consumidor (Idec).

Confira as dicas da Quinta para manter a casa aquecida naturalmente:

Feche as janelas

O vento costuma entrar pelas frestas das janelas e isso contribui para o esfriamento do ambiente. Algumas lojas vendem plásticos ou calafetagem removível que solucionam o problema. “As pessoas pensam que esses detalhes não fazem diferença, mas são indispensáveis para manter a casa quente”, diz.

Cortinas

Goelzer aconselha utilizar cortinas de banheiro sobre as janelas, pois elas ajudam a manter o ar frio fora e captam a luz solar, o que mantem o local quente. Para quem quiser gastar um pouco mais, as cortinas grossas ajudam a manter a casa aquecida.

O Sol

O sol pode não estar entrando no ambiente desejado por uma obstrução ocasionada por plantas, por exemplo. “É preciso cuidar para não colocar vasos de flores inclinadas contra as paredes que pegam sol”, diz.

Tapetes

Além de serem peças decorativas, os tapetes também aquecem ambientes e dão sensação de conforto aos presentes no local. “Eles isolam o frio que vem do chão, protegendo ainda mais o quarto ou a sala”, contou.

Evite

Muito cuidado com o vasilhas ou objetos que contenham álcool, pois o mesmo queima o oxigênio do ambiente, além de ser perigoso.

Porto Alegre, 01 de julho de 2015

Sobre a Quinta da Estância

Fundada em 1992, a Quinta da Estância é a maior fazenda de turismo rural pedagógico do Brasil, pioneira em ações de educação ambiental e sensibilização ecológica. Foi o primeiro empreendimento turístico do Brasil aceito como Signatário do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) e uma das 350 empresas do mundo a participar do Caring for Climate, seleto grupo da ONU especializado no combate às mudanças climáticas do planeta. Em 2009, recebeu o reconhecimento Estadual e Nacional do Prêmio MPE Brasil – categoria Responsabilidade Social, concorrendo com mais de 57 mil empresas de todo o país. O empreendimento também possui, desde 1995, o primeiro criadouro conservacionista do Brasil com finalidade pedagógica, que cria a reproduz animais silvestres, especialmente em vias de extinção.

Informações para a imprensa:

Núcleo de Atendimento Enfato

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here