Início Eco SC Voluntários promovem limpeza de Rio Taquaruçu, em Chapecó

Voluntários promovem limpeza de Rio Taquaruçu, em Chapecó

1313
0
COMPARTILHAR

cooperativismo

A cooperação está na essência do trabalho desenvolvido pelas cooperativas, que visam desenvolvimento econômico, o bem-estar social de todos os seus cooperados e empregados, bem como das comunidades próximas.  Com base neste propósito, os voluntários da Cooperativa Central Aurora Alimentos, por meio do Frigorífico Aurora Chapecó II (FACH II) e os voluntários do programa “Amigo Energia” da Fundação Aury Luiz Bodanese, promoveram nesta sexta-feira (1º), o II Mutirão de Limpeza do Rio Taquaruçu, em Chapecó. A ação marcou o Dia Internacional do Cooperativismo, celebrado neste sábado (2).

Os 50 voluntários fizeram a limpeza do rio até 250 metros acima do sistema de captação de água, lavaram os pneus coletados e separaram os resíduos para destinação correta. Ao todo foram recolhidos 2.500 Kg de resíduos.

Entre os itens retirados do rio estiveram: plásticos, principalmente, garrafas pet; latas de alumínio; calçados e roupas; pneus; brinquedos; aparelhos eletrônicos; pedaços de móveis; animais mortos e materiais orgânicos. Alguns desses itens levam centenas de ano para se decompor, a exemplo do plástico e do alumínio (entre 100 e 500 anos). Além disso, muitos objetos como calçados, confecções e utensílios domésticos poderiam ser doados ao invés de jogados no meio ambiente.

Este II Mutirão complementou as atividades iniciadas em março deste ano, quando os voluntários fizeram a limpeza da grade, do rio, lavagem dos pneus e separação dos resíduos. “A intenção foi conscientizar a sociedade sobre a importância de preservar o meio ambiente, evitar a proliferação de insetos e a contaminação do solo e da água”, enfatizou a assistente social do FACH II, Elizane Caresia.

AVALIAÇÃO

André da Silva Gouveia, de 33 anos, voluntário há oito meses, ressaltou que chama atenção a quantidade de resíduos retirados do rio. “No dia a dia não percebemos a quantidade de lixo que geramos, o que nos impacta ao auxiliar nestas ações, pois observamos que muitas pessoas jogam materiais em rodovias, que se depositam nas encostas e no leito dos rios”, comentou.

André participou da primeira edição do mutirão e se espantou com a quantidade mochilas e malas encontradas, que podem ser reutilizadas. “Depois da primeira ação, tive mudança de atitude em casa. Incentivei meus familiares, intensificamos a separação dos resíduos e ampliamos o cuidado nos locais em que depositamos os materiais para recolhimento”, explicou.

Para André contribuir em uma ação de preservação ambiental é gratificante e motivador. “Fizemos a nossa parte para mudar uma realidade e melhorar a situação do local. Se cada empresa tivesse essa consciência o pouco se tornaria em muito”, analisou.

“Os resultados são positivos, seja na conscientização para o cuidado com o meio ambiente, na melhoria da capacitação da água e preservação da encosta do rio, que evitará a contaminação do solo, da água e de animais e de casos de alagamentos”, avaliou o encarregado de gestão ambiental do FACH II, Muriel Jean da Luz Pessoa da Silva.

PROTEÇÃO PARA OS VOLUNTÁRIOS

Os voluntários foram divididos em três equipes: de separação do material coletado, lavagem dos pneus e dos resíduos e limpeza do rio. Todos receberam roupas e calçados adequados, equipamentos de segurança individual (EPIs), luvas, protetor solar e repelente.

Os voluntários receberam orientações de como retirar os resíduos, os cuidados para evitar os ferimentos ou contato com animais peçonhentos e a importância da ação para a preservação do meio ambiente.

Nilce Cassanelli, 36 anos, participou pela primeira vez como voluntária e foi incentivada pelo desejo de fazer o bem em ações que trazem resultados positivos. “Gostei e quero ajudar em outras atividades, seja em prol do social ou do meio ambiente. Acredito que temos o dever de ajudar e isso é um diferencial que supera a rotina do dia a dia”, complementou.

SER VOLUNTÁRIO

O programa “Amigo Energia” da Fundação Aury Luiz Bodanese promove a inserção de pessoas pelo trabalho voluntário na comunidade, proporcionando a troca de experiências e a valorização pessoal, visando o bem-estar de todos.

Entre as ações desenvolvidas estão: doação de sangue; arrecadação de alimentos, utensílios domésticos e roupas; visitas às instituições sociais; Ação Cooperada; Casamento Cooperado; melhorias em espaços e ações educativas.

 

 

 

MARCOS A. BEDIN

Registro de jornalista profissional MTE SC-00085-JP

Matrícula SJPSC 0172

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

NOVO ENDEREÇO: Rua Nilópolis, 251 D – Bairro Universitário – 89814-510 – Chapecó/SC

Telefax (49) 3323-4244, celular (49) 9967-4244

mb@mbcomunicacao.com.br

marcos.bedin@mbcomunicacao.com.br

Facebook: http://www.facebook.com/mbcomunicacaosc

Twitter: https://twitter.com/#!/MBComunicacao

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here