Início Eco SC Defesa de dissertação no Mestrado em Ambiente e Saúde da Uniplac

Defesa de dissertação no Mestrado em Ambiente e Saúde da Uniplac

298
0
COMPARTILHAR
Mais duas mestres se formam no Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Saúde (PPGAS) da Uniplac

A advogada e bióloga Simone Vassem de Oliveira, recebeu nesta última terça-feira, 31, o título de Mestre em Ambiente e Saúde, após a defesa de sua dissertação intitulada “Aquisição e manuseio de agrotóxicos em cultivo de maçã: possíveis casos de intoxicação na Serra Catarinense”. A dissertação foi orientada pelas Professoras Dra. Ana Emília Siegloch e Dra. Lenita Agostinetto e avaliada pela banca examinadora composta pela Professora Dra Nilva Lúcia Rech Stédile do Programa de Pós-Graduação em Engenharias e Ciências Ambientais da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e pelo Professor Dr. Pedro Boff do PPGAS.

O estudo foi desenvolvido na Serra Catarinense e evidenciou o uso de 37 tipos de agrotóxicos no ciclo anual da maçã. Durante o preparo e aplicação desses agrotóxicos um alto percentual (93,7%) de agricultores costumam usar equipamentos de proteção individual (EPIs), porém não usam o EPI completo. Muitos não costumam usar os óculos, avental e máscara com filtro, devido o desconforto ergonômico e o excesso de calor. O estudo mostrou também que 40 agricultores relataram ter sofrido manifestação de sintomas de intoxicação, como dor de cabeça, sudorese, câimbras, irritação na pele, alteração no sono e irritação do olho após à exposição aos agrotóxicos.

Outra dissertação defendida e aprovada no PPGAS ocorreu no dia 28 de junho pela médica veterinária Kelly Scherer de Oliveira. A dissertação intitulada “Descarte de resíduos de medicamentos veterinários em propriedades rurais da Serra Catarinense” foi orientada pelas professoras Dra. Ana Emilia Siegloch e Dra. Bruna Fernanda da Silva, sendo que na banca examinadora participaram o Prof. Dr. Álvaro Menin da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Prof. Dra. Cláudia Hoffmann Kowalski Schroder da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Os resultados da dissertação mostraram que o descarte dos resíduos de serviços de saúde animal ocorre de forma inadequada na área rural, ou seja, no lixo comum e diretamente no solo. Este descarte inapropriado ocorre devido lacunas nas legislações vigentes e pela falta de informações e capacitações aos agricultores.

Assim, ambos os estudos evidenciam a importância da orientação e do acompanhamento aos agricultores da região e mostra a relevância da pesquisa interdisciplinar a cerca de um tema que envolve a saúde pública.  

O PPGAS destaca a importância e qualidade das dissertações e cumprimenta as novas Mestres em Ambiente e Saúde.

Fonte: PROPEPG (PPGAS)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here