Início Sustentabilidade Claro recicla mais de 142 toneladas de eletrônicos

Claro recicla mais de 142 toneladas de eletrônicos

15
0
COMPARTILHAR

Programa, que completa 10 anos, recolheu celulares, baterias, chips e acessórios fora de uso nos pontos de coleta em todo o país

São Paulo  A Claro, por meio do Instituto NET Claro Embratel, empenhada no descarte correto do lixo eletrônico, comemora a marca de 142 toneladas do total de materiais recolhidos com o Claro Recicla, no ano em que o programa completa uma década de existência. Ativo desde março de 2008, o projeto já angariou milhares de itens eletrônicos, como por exemplo, mais de 116 mil celulares fora de uso.

“A Claro tem uma forte preocupação com o destino final de aparelhos eletrônicos descartados e, por isso, trabalha em ações que incentivam a reciclagem desses objetos e que reforcem a consciência ambiental da população. Faz parte do nosso compromisso fomentar a política da logística reversa e contribuir com a sustentabilidade do setor”, afirma Daniely Gomiero, Vice-Presidente de projetos do Instituto NET Claro Embratel e responsável pela área de responsabilidade social corporativa da Claro Brasil.

A empresa ainda trabalha constantemente em parcerias para promover essas ações, como a iniciativa recente envolvendo o programa de fidelidade da operadora, Claro Clube, destinado a clientes pós-pagos. No projeto, os usuários podem depositar celulares, baterias recarregáveis, chips e acessórios obsoletos ou fora de uso nos pontos de coleta, que podem ser encontrados em diversas lojas da Claro em todo o Brasil e ganhar até 1.000 pontos para trocar por produtos. As urnas coletoras, no entanto, estão disponíveis para qualquer pessoa, não só clientes, e recebem materiais, como celulares e acessórios, de todos os fabricantes.

O sucesso do programa deve-se forte movimento de engajamento, promovido pelo Instituto NET Claro Embratel, por meio de ações de incentivo ao descarte consciente do celular e de materiais educativos, que reforçam o compromisso da Claro com o desenvolvimento sustentável e com o bem-estar social.

Reaproveitamento do descarte – O controle dos itens coletados no Claro Recicla é realizado por meio de relatórios. O conteúdo depositado nas urnas de todo o Brasil é recolhido regularmente pela empresa Essencis Soluções Ambientais, que faz uma triagem de todos os materiais. Os diferentes tipos de peças são contados e pesados. Por fim, são encaminhados para diversas indústrias recicladoras.

No caso dos celulares e dos chips coletados, eles podem ser reaproveitados e têm como destino, por exemplo, o mercado de luxo, que transforma o produto reciclado em joias ou, até mesmo, em itens para a casa, como torneiras ou serem vendidos como metal puro. As pilhas e baterias são direcionadas para aterros como resíduo industrial controlado. Outros itens descartados vão para indústrias que podem reaproveitar o cobre e o plástico dos materiais para a criação de outros produtos.

A iniciativa contribui para a preservação ambiental, incentiva a atitude consciente dos consumidores e é um reflexo das boas práticas sócio ambientais contidas em nossos valores, o Claro Recicla é um dos exemplos da aderência da Claro Brasil à Política Nacional de Resíduos Sólidos. O descarte correto do lixo eletrônico ajuda a combater a contaminação da água e do solo, trata de forma adequada os materiais tóxicos, reduz a quantidade de lixo e diminui a extração de metais pesados.

SOBRE O INSTITUTO NET CLARO EMBRATEL

A área de Responsabilidade Social do Grupo Claro, composta pelas marcas NET, Claro e Embratel, investe continuamente em ações relacionadas à Educação e à Cidadania, por meio do Instituto NET Claro Embratel, com o objetivo de atuar em frentes sociais que integram a tecnologia e a informação como fonte de desenvolvimento e conhecimento. Desta forma, realiza e apoia projetos como o Campus Mobile, o Educonex@o, o Programa Dupla Escola, entre outros. O Instituto NET Claro Embratel é qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Ministério da Justiça, e é reconhecido pelo Departamento de Informação Pública das Nações Unidas (DPI/ONU) como uma organização não governamental corporativa que promove os ideais e princípios sustentados pela Carta das Nações Unidas. Além disso, através de sua Plataforma Institucional, as marcas NET, Claro e Embratel propõem a conexão entre as pessoas para a construção de um amanhã gigante. O movimento é parte de uma inciativa que aborda a gestão corporativa e manifesta o compromisso com a sociedade. Entre as iniciativas estão os Theatros NET São Paulo e Rio de Janeiro, Estação NET Cinema, NET Live Brasília, entre outros. Conheça outras realizações no Relatório Social de 2017 do Instituto: https://www.institutonetclaroembratel.org.br/wp-content/uploads/relatorio-social/2017/mobile/index.html#p=52

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here