Início Eco SC Mês do Meio Ambiente: professores municipais e estaduais imergem em dois dias...

Mês do Meio Ambiente: professores municipais e estaduais imergem em dois dias de estudos com o Programa Caiubi

104
0
COMPARTILHAR

Há 18 anos, o Programa já beneficiou mais de 245 mil alunos, mais de nove mil professores e 770 escolas do Paraná e de Santa Catarina

As atividades do Mês do Meio Ambiente transcorrem intensamente em Lages. Entre esta quinta e sexta-feira (6 e 7 de junho), 52 educadores das redes públicas municipal e estadual de ensino estão participando de aprendizados junto ao Programa Caiubi de educação ambiental, que está em sua 31ª edição e é desenvolvido pela empresa Klabin. Estes profissionais serão disseminadores das instruções em suas salas de aula depois de absorvidos os conhecimentos na unidade da Klabin em Correia Pinto, aproveitando a presença de especialistas com o objetivo de capacitar professores para pulverizar conceitos de consciência ecológica, a fim de formar cidadãos mais críticos e mais respeitosos com a natureza.

Foram ministradas palestras por professores do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), sobre ciência do solo, com oficina Cores da Terra, em que foi produzida a tinta derivada da terra, além de explanação sobre manejo das florestas sustentáveis e importância da preservação das Unidades de Conservação, com a bióloga Mirele Pitz. Os palestrantes da Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi), Leandro Casanova e Daiana Barth, colaboraram compartilhando conhecimentos sobre a relevância das espécies vegetais nativas para paisagem e diversidade de tipos, facilitando a vinda de animais silvestres que irão se alimentar de diferentes plantas (árvores) através de suas folhas e frutas, bem como disseminação de sementes. Cartilhas foram fornecidas para este público-alvo como mecanismo de apoio aos estudantes que receberão as noções dos multiplicadores.

Em seguida, o público participante teve a oportunidade de aprofundar sua sabedoria em relação ao modo de produção de papel na Klabin, visitando a parte interna e as etapas do parque fabril. Já na tarde desta sexta acontecerá o encerramento a partir de uma travessia na trilha da Mata Atlântica na reserva da Klabin, ao lado do empreendimento em Correia Pinto. Desde 2001, o Programa Caiubi já beneficiou mais de 245 mil alunos, mais de nove mil professores e 770 escolas do Paraná e de Santa Catarina.

A Polícia Militar Ambiental também contribuiu com o Mês do Meio Ambiente, com apresentação, junto aos protetores ambientais mirins, do trabalho deste segmento de segurança e o próprio Projeto Protetores Mirins, pela soldado Katiane. “São momentos bem ricos de troca de experiências, ideias e contatos porque nós conversamos com outras pessoas de outras instituições e para o nosso trabalho nas instituições e escolas é sem dúvida um incremento”, acrescenta a gerente de Educação Ambiental da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, bióloga Michelle Pelozato. O Mês do Meio Ambiente em Lages segue com sua extensa programação. É promovido pela Secretaria do Meio Ambiente com apoio da Secretaria da Educação e mais 18 instituições e empresas.

O que a Klabin faz pelo planeta?

Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil. A empresa é pioneira na adoção do manejo florestal em forma de mosaico, que consiste na formação de florestas plantadas entremeadas a matas nativas preservadas, formando corredores ecológicos que auxiliam na manutenção da biodiversidade. A área florestal da companhia no Paraná compreende o total de 342 mil hectares, sendo 142 mil de mata nativa.

A empresa mantém um Parque Ecológico, na Fazenda Monte Alegre, em Telêmaco Borba, para fins de pesquisa e conservação, atuando no acolhimento e reabilitação de animais silvestres vítimas de acidentes ou maus-tratos. E contribui para a preservação da flora e fauna da região, inclusive de espécies ameaçadas de extinção.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável. Na região dos Campos Gerais a Klabin desenvolve boa parte dos seus programas socioambientais, com destaque para “Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis”, Matas Legais, Projeto de Resíduos Sólidos, Crescer Lendo, Programa Caiubi, Força Verde Mirim e Protetores Ambientais. A companhia também aderiu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e é signatária do Pacto Global e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo.

Texto: Daniele Mendes de Melo

Fotos: Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here