Início Eco SC Alunos fazem operação resgate ao rio Criciúma

Alunos fazem operação resgate ao rio Criciúma

58
0
COMPARTILHAR

Crianças de 8 e 9 anos organizaram projeto de investigação sobre o rio e propostas de revitalização

Em 24 de novembro é comemorado o Dia do Rio, data criada para conscientizar a população sobre a importância dos recursos hídricos e o meio ambiente e prevenir a escassez de água.

O dia também serve para mostrar ações que estão contribuindo para a preservação dos rios na prática. Em Criciúma (SC), por exemplo, uma turma do 3o ano do Ensino Fundamental organizou um Projeto de Intervenção Social (PIS) chamado Liga Marista: Operação resgate ao Rio Criciúma. Entre as ações de pesquisa e intervenção realizadas ao longo do ano, a iniciativa dos estudantes resultou no plantio de mudas de árvores frutíferas nativas ao longo das margens do rio em outubro.

De acordo com a coordenadora do Ensino Fundamental Anos Iniciais do Colégio Marista Criciúma, Jacqueline N. G. Teixeira, o projeto atingiu vários objetivos ao longo do ano. “Além da contribuição dos alunos com a preservação da mata nativa, houve a conscientização de dezenas de crianças e suas famílias em relação aos cuidados que devemos ter com o descarte de resíduos. O conhecimento foi construído por meio da curiosidade das crianças, que levantaram questionamentos e buscaram respostas por meio de pesquisas, vivências e estudos de meio”, explica.

Isso acontece porque, ao longo do ano, os estudantes pesquisaram em livros, jornais, internet e foram nos locais para solucionar suas dúvidas. Jacqueline conta que o projeto teve início com dúvidas dos alunos em relação a uma obra próxima ao Colégio de canalização da água do rio na cidade, despertando a preocupação com a poluição e a qualidade da água.

“Realizamos diversas visitas de campo, conhecemos a barragem do Rio São Bento, que abastece a cidade, a nascente e o leito do Rio Criciúma e vimos de perto a poluição e as condições da mata ciliar. Os estudos de meio e as discussões que aconteceram envolvendo além dos alunos, professores e parceiros externos responsáveis por órgãos ou instituições ligadas ao tema, fizeram com que as crianças compreendessem os impactos ambientais causados pela falta de sustentabilidade e pensassem em soluções viáveis, criativas e promotoras do bem comum”, comenta a coordenadora.

Sobre a Rede Marista de Colégios: A Rede Marista de Colégios (RMC) está presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

Cancele sua assinatura aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here