Início Sustentabilidade Serpro desenvolve sistema que ajuda na preservação do meio ambiente

Serpro desenvolve sistema que ajuda na preservação do meio ambiente

441
0
COMPARTILHAR

Solução é fundamental no Renovabio, política para expandir uso de biocombustíveis

Neste início de ano, o Serpro mais uma vez cumpre seu papel, entregando um sistema que ajuda na preservação do meio ambiente. A partir desta quarta-feira, 8 de janeiro, a plataforma de créditos de descarbonização (CBIOs) estará no ar, conforme noticiado em outubro.

“A solução é indispensável para alcançar metas de diminuição de emissão do carbono para o setor de combustíveis, incentivando o aumento da produção e da participação de biocombustíveis na matriz energética de transportes do país”, declara André de Cesero, Diretor de Relacionamento com Clientes do Serpro.

Essas metas estão estabelecidos na Renovabio, política nacional instituída por lei. A entrega do sistema será feita para a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), órgão federal responsável pela regulação das indústrias de petróleo, gás natural e de biocombustíveis, vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

André de Cesero ressalta que a ANP viu, no Serpro, a possibilidade atender uma necessidade do governo para cumprimento do Acordo de Paris. “O Serpro colabora para todo o ecossistema de negócio de biocombustíveis e reforça sua missão de transformação digital”, destaca.

O que são créditos de descarbonização

A comercialização de créditos de descarbonização (também chamados créditos de carbono) baseia-se na necessidade ambiental de diminuir a emissão do gás dióxido de carbono (CO2), emitido em grande quantidade quando se queimam combustíveis fósseis, como o petróleo. Ao utilizar biocombustíveis também há a liberação de carbono, mas em quantidade incomparavelmente menor do que quando se utiliza óleo diesel, por exemplo. Produtores e importadores de biocombustíveis, como etanol e biodiesel, estão contribuindo para evitar o aumento de emissão de CO2 e, por isso, podem quantificar essa contribuição e vender essa “quantidade de redução de CO2” no chamado mercado de carbono.

O crédito de carbono é um certificado eletrônico emitido quando há diminuição de emissão de gases que provocam o efeito estufa, gerador de aquecimento global. Um crédito de carbono equivale a uma tonelada de CO2 (dióxido de carbono) que deixou de ser emitido para a atmosfera. Para outros gases reduzidos são emitidos créditos, utilizando-se uma tabela de equivalência entre cada um dos gases e o CO2.

Confira as duas jornadas: para produtores e importadores ou para instituições financeiras escrituradoras:

Assessoria de Imprensa

(61) 2021-8331 /8778 – 98161-3637

(81) 2126-4123 – 99605-1060

imprensa@serpro.gov.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here