Início Natureza Monitoramento na região da Usina Garibaldi reduz ações irregulares em mais de...

Monitoramento na região da Usina Garibaldi reduz ações irregulares em mais de 50%

169
0
COMPARTILHAR
ABDON BATISTA, SC, 2017-07-16: Fotos aereas da UHE de Garibaldi em Abdon Batista - SC para o Perfil Corporativo 2017. (Foto: Henrique Manreza). (Foto: Henrique Manreza)

Projeto realizado pela CTG Brasil nas margens dos rios Canoas e Caveiras tem como foco a preservação ambiental e a conscientização dos proprietários lindeiros na região

Abdon Batista, 03 de janeiro de 2022 – Um projeto-piloto realizado pela CTG Brasil, uma das líderes em geração de energia limpa no País e concessionária da Usina Hidrelétrica Garibaldi, em parceria com a Polícia Militar Ambiental, reduziu em mais de 50% o número de ações ambientais irregulares na região dos Rios Canoas e Caveiras.

Iniciados em 2020, os Ciclos de Monitoramento de Margem são atividades de inspeção de borda de reservatório realizadas pelas áreas de Meio Ambiente e Fundiário da empresa, com foco na preservação e conservação das matas ciliares.

Semestralmente, são realizadas campanhas em que as equipes percorrem as margens do reservatório da UHE Garibaldi com olhar atento a pontos com corte de vegetação e abertura de clareiras, invasão de área e ocupações irregulares, pesca predatória, presença de gado e cercamento nas margens – essas duas últimas, inclusive, correspondem à maior parte das ocorrências, com mais de 60% dos casos.

As fiscalizações, realizadas em grande parte de forma conjunta com a Polícia Militar Ambiental, são feitas tanto por terra, em veículos 4×4; quanto pela água, a bordo de lanchas pelos rios Canoas e Caveiras; e pelo ar, com uso de drones e monitoramento por satélite.

Nos primeiros dois ciclos de monitoramento, realizados no primeiro e no segundo semestre de 2020, foram registradas cerca de 70 ocorrências. Já nas duas campanhas de 2021, o número caiu para 37, uma redução de 66%. A queda foi registrada tanto nas vistorias in loco quanto nas imagens por satélite.

Ronan Max Prochnow, coordenador de Meio Ambiente da CTG Brasil, diz que o sucesso do projeto se deve às ações de conscientização, realizadas paralelamente ao trabalho de inspeção de bordas do reservatório, junto aos proprietários lindeiros da região.

“Para a CTG Brasil, contar com o engajamento da comunidade para preservação e conservação dos recursos naturais é um resultado importante e que traz benefícios para todos. Boa parte das irregularidades tem sido tratadas administrativamente e encerradas sem a necessidade de ações judiciais, ou seja, apenas por meio da cooperação e do diálogo. A conversa com esses proprietários durante a realização dos ciclos tem sido suficiente para a resolução de muitos casos que demandam, por exemplo, a retirada voluntária do gado e a desmobilização de estruturas”, diz Ronan.

Além do contato direto com os proprietários, a ação inclui a divulgação de campanhas de sensibilização ambiental nos meios de comunicação regionais, em consonância com o programa de educação socioambiental da Usina Garibaldi, que também direciona ações para escolas e comunidades.

Associado a isso, a CTG Brasil também desenvolve na região o Programa Espaço Legal, com foco na orientação e conscientização sobre o uso correto das margens do reservatório.

Sobre a CTG Brasil

A CTG Brasil trabalha para desenvolver o mundo com energia limpa em larga escala. Segunda maior geradora privada de energia do País, conta com a dedicação de seus talentos locais e está comprometida em contribuir com a matriz energética brasileira, pautada pela responsabilidade social e respeito ao meio ambiente. A empresa tem investimentos em 17 usinas hidrelétricas e 11 parques eólicos, com capacidade instalada total de 8,3 GW. Criada em 2013, é parte da China Three Gorges Corporation, uma das líderes globais em geração de energia limpa.

Informações para a imprensa:

Igor Galante – (17) 99791-1216

Andrea Inocente – (17) 99154-5532

Ana Balestrieri – (17) 99734-6801

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here