Início Ecoagro Incra capacita prefeituras para operar novo Cadastro Rural em Santa Catarina

Incra capacita prefeituras para operar novo Cadastro Rural em Santa Catarina

947
0
COMPARTILHAR

incra

Representantes de 64 municípios catarinenses estiveram reunidos na sede da superintendência do Incra em Santa Catarina para conhecerem as mudanças e aperfeiçoamentos decorrentes da modernização do Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR). Com quatro dias de duração, o treinamento, que se encerra nesta quinta-feira (2), possibilitou aos participantes o pleno entendimento das modificações relacionadas ao preenchimento do cadastro de imóveis rurais, sua atualização e análise documental.

Para a primeira etapa de treinamentos foram convocados os responsáveis pelas Unidades Municipais de Cadastramento (UMCs) com maior volume de atendimentos, independentemente da localidade de atuação. Nas etapas seguintes, o cronograma de capacitações prevê a convocação por regiões, até que todos os 288 representantes de cadastro do Incra nos municípios, e também os responsáveis pelas Salas da Cidadania em funcionamento, tenham amplo conhecimento sobre suas novas atribuições.

Uma das inovações apresentadas pelo sistema é a possibilidade dos proprietários e detentores de imóveis rurais efetuarem diretamente a atualização de suas Declarações de Cadastro de Imóveis Rurais via internet, por intermédio da DP Eletrônica. O objetivo é permitir maior conveniência e rapidez na solução de questões referentes ao cadastro rural e emissão de documentos, como o Certificado de Cadastro de Imóveis Rurais (CCIR). Para acessar a DP eletrônica, basta acessar o endereço https://sncr.serpro.gov.br/edp.

Portal

Para oportunizar o acesso universal à atualização de dados, o Incra criou o Portal Cadastro Rural que, em conjunto com a Receita Federal, oferecerá diversos serviços ao cidadão, como a Declaração de Imposto Territorial Rural (DITR), o Sistema de Gestão Fundiária (Sigef) e o próprio CCIR, entre outros. Apesar de todas as facilidades apresentadas pelo novo sistema, as UMCs e Salas da Cidadania continuarão prestando seus serviços às comunidades locais, orientando os proprietários rurais e também auxiliando àqueles que não possuem acesso à rede mundial de computadores. Além disso, os agentes de cadastro do Incra permanecerão com a fundamental tarefa de analisar dos dados cadastrais, agora alimentados diretamente no sistema pelos detentores de imóveis rurais.