Início Educação Ambiental 25 novos protetores ambientais são formados em Lages

25 novos protetores ambientais são formados em Lages

586
0
COMPARTILHAR

protetores novos

Lages ganhou 25 novos protetores ambientais. São alunos da rede de ensino pública e privada que completaram o curso do projeto Protetor Ambiental, desenvolvido pela 4° CIA de Polícia Militar Ambiental de Lages por meio do Grupo de Educação Ambiental e, que contou com a parceria da empresa Klabin, parceira do projeto há 11 anos. A formatura da 28° de protetores ocorreu na noite desta quarta-feira (16), no plenário da Câmara de Vereadores de Lages.

O curso iniciou em abril deste ano com aulas teóricas, práticas, atividades de campo, trilhas ecológicas e viagens de estudo. Ao todo 75 alunos foram formados nos municípios de Lages, Curitibanos e Campos Novos.

Durante as aulas os alunos desenvolveram noções sobre a preservação ambiental, destinação correta de resíduos, recursos hídricos e a fauna e flora voltadas para a região. Para o major Adair Alexandre Pimentel, comandante da 4° CIA de Polícia Militar Ambiental de Lages, e um dos fundadores do programa Protetor Ambiental no município, o programa fornece aos alunos além da oportunidade de obter novos conhecimentos, a condição de estar mais bem preparado para o mercado de trabalho. “Temos protetores ambientais que hoje trabalham conosco na CIA, que se tornaram policias militares. Um programa fundamental que desperta no adolescente as questões ambientais que acabam sendo levadas para a toda a comunidade envolvida”, diz, afirmando que em 2016 novas turmas devem ser formadas.

O Programa Protetor Ambiental, que já beneficiou mais de 600 adolescentes da região serrana, conta com a parceria da empresa Klabin que auxilia no desenvolvimento das atividades. “O programa segue a mesma linha da empresa de política de sustentabilidade, estar inserido em programas como este reforça o nosso trabalho junto à comunidade envolvendo a responsabilidade social em todos os municípios em que é desenvolvido o programa na região”, frisa a bióloga da empresa Klabin, Mireli Moreira Pitz.
Fotos: Flavia Mota/Assessora de Imprensa PMA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here