Início Eco SC Alunos fazem operação resgate ao rio Criciúma

Alunos fazem operação resgate ao rio Criciúma

2813
32
COMPARTILHAR

Crianças de 8 e 9 anos organizaram projeto de investigação sobre o rio e propostas de revitalização

Em 24 de novembro é comemorado o Dia do Rio, data criada para conscientizar a população sobre a importância dos recursos hídricos e o meio ambiente e prevenir a escassez de água.

O dia também serve para mostrar ações que estão contribuindo para a preservação dos rios na prática. Em Criciúma (SC), por exemplo, uma turma do 3o ano do Ensino Fundamental organizou um Projeto de Intervenção Social (PIS) chamado Liga Marista: Operação resgate ao Rio Criciúma. Entre as ações de pesquisa e intervenção realizadas ao longo do ano, a iniciativa dos estudantes resultou no plantio de mudas de árvores frutíferas nativas ao longo das margens do rio em outubro.

De acordo com a coordenadora do Ensino Fundamental Anos Iniciais do Colégio Marista Criciúma, Jacqueline N. G. Teixeira, o projeto atingiu vários objetivos ao longo do ano. “Além da contribuição dos alunos com a preservação da mata nativa, houve a conscientização de dezenas de crianças e suas famílias em relação aos cuidados que devemos ter com o descarte de resíduos. O conhecimento foi construído por meio da curiosidade das crianças, que levantaram questionamentos e buscaram respostas por meio de pesquisas, vivências e estudos de meio”, explica.

Isso acontece porque, ao longo do ano, os estudantes pesquisaram em livros, jornais, internet e foram nos locais para solucionar suas dúvidas. Jacqueline conta que o projeto teve início com dúvidas dos alunos em relação a uma obra próxima ao Colégio de canalização da água do rio na cidade, despertando a preocupação com a poluição e a qualidade da água.

“Realizamos diversas visitas de campo, conhecemos a barragem do Rio São Bento, que abastece a cidade, a nascente e o leito do Rio Criciúma e vimos de perto a poluição e as condições da mata ciliar. Os estudos de meio e as discussões que aconteceram envolvendo além dos alunos, professores e parceiros externos responsáveis por órgãos ou instituições ligadas ao tema, fizeram com que as crianças compreendessem os impactos ambientais causados pela falta de sustentabilidade e pensassem em soluções viáveis, criativas e promotoras do bem comum”, comenta a coordenadora.

Sobre a Rede Marista de Colégios: A Rede Marista de Colégios (RMC) está presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

Cancele sua assinatura aqui

32 COMENTÁRIOS

Comments are closed.